IDDH

educardh
RPU

Mulheres e meninas, de Patricia Kunrath Silva

“Mulheres e meninas” é o título da obra que estampa a capa do relatório “Igualdade e não-discriminação de gênero”.

Produzida em aquarela guache, a criação de Patricia Kunrath Silva foi realizada em 2013 e promove uma reflexão sobre gênero e interseccionalidade.

Patricia tem 37 anos, é antropóloga e ativista, mora em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul e há 9 anos se dedica à produção artística.

Começou a pintar em 2012, ao final do mestrado em Antropologia Social, e já participou de exposições nos Estados Unidos e no México. Suas inspirações são temas como justiça social, justiça de gênero, direitos das mulheres e direitos humanos e em suas obras utiliza tinta aquarela, guache, pastel, óleo e acrílica.

Seu portfólio está disponível aqui.

Olhares do Brasil

Promovido pelo Instituto de Desenvolvimento e Direitos Humanos (IDDH), o edital Olhares do Brasil selecionou 10 obras de artistas brasileiros/as para ilustrar as capas de relatórios sobre direitos humanos no país, que serão apresentados em Sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU, em 2022.

Sob a coordenação do IDDH, os documentos foram elaborados pelo Coletivo RPU Brasil — coalizão que reúne mais de 30 organizações/redes que monitoram os direitos humanos no país através de um mecanismo da ONU chamado Revisão Periódica Universal (RPU).

Dentre os assuntos trabalhados nos relatórios estão: saúde sexual e reprodutiva, orientação sexual e identidade de gênero, discriminação contra as mulheres, violência contra as mulheres, liberdade religiosa, povos indígenas, meio ambiente e mais.