IDDH

educardh
RPU

Amazônia em foco, de Judith Cavalcanti

“Amazônia em foco” é o título da obra que estampa a capa do relatório “Empresas e direitos humanos”. A ilustração de Judith Cavalcanti é produzida em acrílica sobre papel e tem o formato inspirado na bandeira do Brasil, em que a mata e os animais são o ouro e o vazio é uma referência à extinção. A obra é uma denúncia da destruição da Amazônia e de toda a diversidade natural.

Judith tem 40 anos, mora em Lisboa (Portugal) e se dedica à arte há quatro anos. Ela costuma usar em seus trabalhos pintura, escultura e arte digital com bastante. Nos últimos dois anos, acrescentou a colagem e o têxtil. Ela trabalha com formas e conceitos inspiradores. Cores fortes e formas sinuosas/orgânicas são uma constante nas suas obras e credita isso à sua origem nordestina. Em suas obras mais recentes, tem como referência questões como religiosidade, ancestralidade, identidade, colonialidade, gênero e raça.

Olhares do Brasil

Promovido pelo Instituto de Desenvolvimento e Direitos Humanos (IDDH), o edital Olhares do Brasil selecionou 10 obras de artistas brasileiros/as para ilustrar as capas de relatórios sobre direitos humanos no país, que serão apresentados em Sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU, em 2022. 

Sob a coordenação do IDDH, os documentos foram elaborados pelo Coletivo RPU Brasil — coalizão que reúne mais de 30 organizações/redes que monitoram os direitos humanos no país através de um mecanismo da ONU chamado Revisão Periódica Universal (RPU).

Dentre os assuntos trabalhados nos relatórios estão: saúde sexual e reprodutiva, orientação sexual e identidade de gênero, discriminação contra as mulheres, violência contra as mulheres, liberdade religiosa, povos indígenas, meio ambiente e mais.