IDDH

educardh
Sem categoria

Triste realidade, de W. Chavarry

A obra “Triste realidade”, de W. Chavarry ilustra a capa do relatório “Redução da pobreza e combate às desigualdades”. A obra retrata o cotidiano e situações muitas vezes ignoradas nas periferias, o que vem de encontro com a temática proposta para o relatório.

Utilizando a técnica de óleo sobre tela, W. Chavarry afirma que se inspirou nas duras condições vividas pelos moradores, muitos deles ainda jovens. O objetivo foi trazer à tona emoções que diversas vezes são evitadas e ignoradas.

W. Chavarry reside no Rio de Janeiro e se dedica à arte desde os 12 anos. Agora, aos 74 anos, Chavarry continua escrevendo sua trajetória de 62 anos ininterruptos de produção e amor à arte. Sua principal inspiração é a vontade constante de imortalizar figuras ignoradas do cotidiano carioca.

Seu portfólio está disponível em seu perfil nas redes sociais.

Olhares do Brasil

Promovido pelo Instituto de Desenvolvimento e Direitos Humanos (IDDH), o edital Olhares do Brasil selecionou 10 obras de artistas brasileiros/as para ilustrar as capas de relatórios sobre direitos humanos no país, que serão apresentados em Sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU, em 2022.

Sob a coordenação do IDDH, os documentos foram elaborados pelo Coletivo RPU Brasil — coalizão que reúne mais de 30 organizações/redes que monitoram os direitos humanos no país através de um mecanismo da ONU chamado Revisão Periódica Universal (RPU).

Dentre os assuntos trabalhados nos relatórios estão: saúde sexual e reprodutiva, orientação sexual e identidade de gênero, discriminação contra as mulheres, violência contra as mulheres, liberdade religiosa, povos indígenas, meio ambiente e mais.