Você acredita que a educação pode transformar a sociedade em que vivemos?

Quero apoiar
 

Acreditamos que a educação pode transformar a sociedade em que vivemos

O Instituto de Desenvolvimento e Direitos Humanos – IDDH – é uma organização não-governamental sem fins lucrativos, criada em Joinville, Santa Catarina, Brasil em Junho de 2004.

O IDDH tem assento no Comitê Nacional de Educação em Direitos Humanos, é membro do NGO Working Group on Human Rights Education and Learning (Genebra/Suíça) e possui status consultivo na Organização das Nações Unidas (ONU).



Propósito

Promover uma educação para cidadania no Brasil.

Missão

Desenvolver materiais e metodologias para compartilhar conhecimento, bem como articular e acompanhar políticas públicas que garantam uma educação para a cidadania.

O que queremos

Uma sociedade igualitária, pacífica, justa e sustentável para todas as pessoas no Brasil.



Por uma educação para a cidadania!

Para o IDDH, uma Educação para a Cidadania deve incluir características da educação para uma cidadania global, da educação em direitos humanos, da educação para a paz, da educação para o desenvolvimento sustentável, da educação ativa, dentre outras formas de educação participativa e emancipatória.

De acordo com documentos nacionais e internacionais de direitos humanos, o direito humano à educação deve contemplar não apenas o acesso de todos/as à educação, mas também visa uma educação que promova o desenvolvimento humano. Ou seja, é necessário que se garanta conhecimento, mas também instrumentos e ferramentas para o uso ético, responsável e sustentável deste conhecimento no mundo.

Uma Educação para a Cidadania deve existir tanto na educação formal como não formal, ou seja, nas escolas do ensino básico até superior, nas ruas, nos movimentos sociais, nos meios de comunicação, nas empresas, nas instituições de justiça e segurança e para todos os funcionários públicos de um país. Com isso, é uma educação voltada para crianças, adolescentes e adultos, através de intervenções curriculares e extracurriculares, por vias convencionais e não convencionais.

A ideia principal é ter mais cidadãs/os que assumam papéis ativos na construção de um mundo mais igualitário, justo, pacífico e sustentável, tanto em suas vidas pessoais como na sociedade que vivem.

As principais competências de uma Educação para a Cidadania são:

A construção de uma identidade coletiva (local, regional e global) que transcenda diferenças individuais, culturais, religiosas, éticas, dentre outras.

Conhecimento profundo de valores universais como justiça, paz, respeito, sustentabilidade e dignidade.

Habilidades cognitivas para pensar de forma crítica, sistêmica e criativa.

Habilidades não cognitivas, incluindo habilidades sociais, como empatia e resolução de conflitos e habilidades de comunicação e interação social e cultural.

Capacidades comportamentais para agir de forma colaborativa, social e ambientalmente sustentável e responsável.

Para isso, há mais de uma década, o IDDH vem impulsionando a construção e implementação de políticas públicas de educação no Brasil, e, ao mesmo tempo, desenvolvendo materiais e metodologias adequadas para promover uma Educação para a Cidadania a diferentes grupos no Brasil.

Veja também: